Laboratório de Análises Clínicas do HUJBB recebe certificação de excelência

O Laboratório de Análises clínicas do Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), vinculado ao Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA)/Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), acaba de receber certificado de excelência reconhecido pelo Programa Nacional de Controle da Qualidade (PNCQ), patrocinado pela Sociedade Brasileira de Análises Clínicas, que garante a qualidade dos serviços realizados pelos laboratórios no Brasil.
 
Para conceder a certificação aos laboratórios, o PNCQ realiza o processo de avaliação enviando amostras para os laboratórios participantes, que recebem, analisam e enviam os resultados de volta ao programa. Os resultados são comparados para se atestar à qualidade da análise efetuada. O laboratório do HUJBB foi avaliado 12 vezes durante o ano de 2018 e, em todas as avaliações, recebeu uma nota acima da média, o que comprovou a sua qualidade de excelência.
 
Segundo a chefe do Laboratório, Rosiane Figueiredo, o serviço manteve o reconhecimento e um dos motivos é estar equipado com aparelhos de ponta, como o Cloridrômetro, TRM (Teste Rápido Molecular da Tuberculose) e os equipamentos da hematologia, bioquímica e de hormônios. Outro destaque do laboratório é a equipe profissional, formada por de cerca 60 pessoas, incluindo mestres e doutores na área de diagnósticos.
 
"Para concorrermos à certificação, o laboratório clínico deve ser inscrito em um programa de controle de qualidade, externo e interno, e ao nos inscrevermos fazemos análise dos exames de bioquímica, de hematologia, de microbiologia, o que leva o PNCQ enviar, mensalmente, as amostras. Nós analisamos aqui e as respostas nós colocamos na plataforma do Programa e esses resultados são comparados com todos os outros laboratórios do Brasil que são inscritos no programa", explica a biomédica Rosiane, acompanhada pelo coordenador do Setor de Controle de Qualidade do Barros Barreto, Heliomar Miranda.
 
A farmacêutica bioquímica Maria de Fátima Rendeiro relatou que o resultado positivo da avaliação do PNCQ para o hospital é muito importante para ela enquanto profissional. "Receber a certificação de excelência é um feedback positivo que o laboratório e a equipe, como um todo, recebe. É uma satisfação muito grande, porque, apesar das dificuldades dos hospitais do SUS, conseguimos manter a qualidade", diz.
 
Creusa Feitosa é uma paciente que utiliza os serviços oferecidos pelo hospital há mais de seis anos e revela que se sente satisfeita com o atendimento que é disponibilizado. "Eu gosto muito do hospital, eu tenho uma boa assistência aqui, as funcionárias sempre são muito atenciosas", comenta. Creusa também fala sobre as dificuldades de conseguir atendimento em outros lugares em relação ao HUJBB, porque "quando se precisa de outros lugares, infelizmente, é complicado. Geralmente a gente não tem uma boa assistência".
 
Sobre a Ebserh
 
Desde outubro de 2015, o Complexo Hospitalar da UFPA é filiado à Rede Ebserh. Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) administra atualmente 40 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.
 
A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.
 
 
Texto: Ramon Ferreira – Bolsista da Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh.
 
Edição – Edna Nunes – Jornalista do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh.