Caderno de Processos e Práticas em Hotelaria Hospitalar é implantado no Complexo

No período de 16 de outubro a 06 de novembro o Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará/Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares realizou o evento "Implantação do Caderno de Processos e Práticas de Hotelaria Hospitalar", promovido pelo Setor de Hotelaria Hospitalar, vinculado à Gerência Administrativa do Complexo. A programação, que envolveu servidores de diferentes dos hospitais Bettina Ferro de Souza (HUBFS) e João de Barros Barreto (HUJBB), contou com treinamento de gestão por processos, implantação do caderno de boas práticas e elaboração do diagnóstico das instituições hospitalares. No HUBFS, a programação foi realizada no período de 16 a 26 de outubro; no HUJBB, de 30 de outubro a 06 de novembro.
 
O Caderno de Processos e Práticas em Hotelaria Hospitalar da Rede Ebserh já foi implantado em 32 dos 40 hospitais universitários administrados pela estatal, e tem como objetivo a adoção de boas práticas nos serviços de higienização hospitalar, gerenciamento de resíduos de saúde, produção e distribuição de dietas enterais, processamento de roupas e gestão de enxoval. Para auxiliar na implantação do Caderno, foi realizado o treinamento em Gestão por Processos, ministrado pelas consultoras Bárbara Feitosa e Luísa Bonfá, que apresentaram os princípios e etapas da gestão por processos, por meio de dinâmicas em grupo e apresentação de casos para análise. Segundo Bárbara Feitosa, o curso é uma maneira de "trazer um novo nível de maturidade para o Setor de Hotelaria Hospitalar, com a implantação de boas práticas construídas em conjunto com a Rede Ebserh".
 
O treinamento foi ofertado para 30 profissionais de diferentes áreas dos hospitais Bettina Ferro e Barros Barreto. Para o administrador hospitalar Gilson Reis, do Setor de Planejamento e Gestão de Custos do Complexo, a experiência foi positiva, pois "foi um curso dinâmico e participativo e que nos traz perspectivas otimistas de melhoria da qualidade dos serviços de hotelaria, aliada à diminuição de custos", explica.
 
A ministrante do curso explica ainda que um dos objetivos da implantação do caderno de boas práticas é fazer diagnóstico situacional da hotelaria do Complexo, e "propor sugestões para que seja melhorada a qualidade dos serviços e da segurança do paciente, com economia de recursos e evitando desperdícios", conclui Bárbara Feitosa.  
 
A programação também contou com a realização da análise de processos, comparando as práticas do Caderno de Processos e Práticas com as da instituição hospitalar, expondo problemas e construindo soluções. Foi apresentado para a Governança do Complexo o diagnóstico das instituições hospitalares seguindo os temas propostos pelo Caderno de Processos e Práticas.
 
Para a chefe do Setor de Hotelaria Hospitalar, Leila Serejo, a programação foi proposta pelo Setor de Hotelaria da Ebserh, "a fim de que as pessoas conheçam a importância que a hotelaria tem no conjunto dos serviços oferecidos pelas instituições hospitalares". Segundo ela, a programação também tem como objetivo "agregar profissionais dos mais diversos setores para que todos possam contribuir na conclusão deste trabalho".
 
 
Texto e fotos: Paola Caracciolo – Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh