HUJBB atende cerca de 300 pessoas em ação de conscientização sobre diabetes

No último sábado (29) o Hospital Universitário João de Barros Barreto (HUJBB), vinculado ao Complexo Hospitalar da Universidade Federal do Pará (UFPA)/Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) realizou uma ação de conscientização sobre diabetes no Shopping Pátio Belém. Cerca de 300 pessoas foram atendidas e realizaram exames de glicemia capilar e aferição de pressão, além de receber orientações e tirar dúvidas sobre a doença.

A ação foi promovida pelo Programa de Atenção ao Paciente Diabético do HUJBB, que há 20 anos é referência estadual no tratamento da doença, que atualmente afeta 13 mil pessoas no Brasil. "Em torno de 40% da população que é diabética não sabe que tem a doença. Por isso, ações como essa, feitas em locais fora do hospital, conseguem atingir muita gente e ajudar a prevenir complicações", afirma a endocrinologista Natércia Queiroz, que coordenou a ação junto à equipe de profissionais do HUJBB.

O Gabriel Diniz, de 20 anos, estava passeando pelo shopping e aproveitou para fazer os exames. Ele comenta que come muitos alimentos açucarados, por isso achou importante conferir se estava tudo normal com a glicemia e a pressão. "Acho importante ações como essa pois muitas pessoas não têm acesso a esses exames, e assim fica mais fácil", afirma.

Outra que participou da ação foi a funcionária pública Leila Travassos, que também convenceu o esposo a fazer os exames e tirar dúvidas com a equipe. "Não sou diabética, mas estou com a glicemia no limite, então é preciso cuidados porque a diabetes é uma doença silenciosa e as pessoas não costumam se cuidar". Ela avaliou como positiva a oportunidade de realizar os exames, e destacou a importância de divulgar conhecimentos sobre a diabetes, para que haja a prevenção da doença, com hábitos saudáveis e alimentação balanceada.

Diabetes – A endocrinologista Natércia Queiroz alerta para as diversas complicações que a diabetes pode causar, como infarto, acidente vascular cerebral (AVC), problemas nos pés (pé diabético), nos rins e nos olhos, podendo levar à perda da visão. Ela explica que há dois tipos de diabetes: o tipo 1, que é mais comum em crianças, causado pela deficiência de insulina, e o tipo 2, que ocorre mais em adultos com mais de 40 anos, que já apresentam casos na família, ou com sobrepeso e alimentação não saudável. O Programa de Atenção ao Diabético do Barros Barreto atualmente atende 70 pacientes por dia, fornecendo o tratamento e orientações a pacientes referenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS) a partir de encaminhamento da atenção primária.

Sobre a Ebserh - Vinculada ao Ministério da Educação, a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) atua na gestão de hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

A empresa, criada em dezembro de 2011, administra atualmente 40 hospitais e é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh. O Complexo Hospitalar da UFPA integra a Rede Ebserh desde outubro de 2015. 

Texto e fotos: Paola Caracciolo – Ascom do Complexo Hospitalar da UFPA/Ebserh